Brasileiros falam sobre importância de projeto que ajudará financeiramente indocumentados em Massachusetts

Em resposta às preocupações de que os contribuintes imigrantes estão sendo excluídos dos...

Em resposta às preocupações de que os contribuintes imigrantes estão sendo excluídos dos pagamentos do pacote de estímulo do governo federal sob a Lei CARES, o senador estadual Jamie Eldridge e as deputadas Ruth Balser e Liz Miranda apresentaram o SD 2916, um projeto de lei semelhante ao fornecimento de cheques de estímulo aos contribuintes imigrantes.
Ela foi chamada de “Lei de Estímulo dos Contribuintes Imigrantes”.

No mês passado, o Congresso aprovou a lei federal CARES, um pacote de US $ 2,2 trilhões que fornece cheques para a maioria dos contribuintes norte-americanos. No entanto, a lei exclui os contribuintes que possuem apenas um ITIN Number em vez de um número de Seguro Social (Social Security).

Senador Jamie Eldridge

Senador Jamie Eldridge com as deputadas Liz Miranda e Ruth Balser

“Esses contribuintes são formados, principalmente, famílias imigrantes que pagaram a mesma parcela do imposto de renda que aqueles com números de SS e merecem a mesma assistência”, afirmou o senador.

“Os imigrantes desempenham um papel crucial na economia de Massachusetts e precisamos garantir que os indocumentados e suas famílias recebam o mesmo apoio financeiro que outros contribuintes através da Lei Federal CARES. Numa época de pandemia, mais do que nunca, precisamos tomar medidas sérias e fornecer ajuda financeira a todas as populações vulneráveis”, acrescentou.

Ele acrescentou que o governo federal deixou de fornecer ajuda financeira direta a dezenas de milhares de famílias de imigrantes em Massachusetts. “Mas os legisladores vão perceber o quão importante esta comunidade é para a economia e ajudá-la”, afirmou.

Este projeto de lei forneceria um cheque de estímulo aos contribuintes que declaram imposto com ITIN, igual ao que é fornecido aos cidadãos norte-americanos sob a Lei CARES. De acordo com o Senador, ele seguiria o mesmo valor (US $ 2.400 casais que declararam em conjunto, US $ 1200 para declarantes individuais e US $ 500 por criança).

Além disso, facilitará o recebimento desses fundos na forma de um depósito bancário direto na conta. Outro ponto do projeto é a liberação de US $ 10 milhões para organizações que ajudam imigrantes.

“Como uma cidadã americana de origem cabo-verdiana de primeira geração, cresci em uma família de imigrantes da classe trabalhadora que lutou pelo sonho de construir a América, assim como todas as famílias.

Minha família pagou seus impostos, cumpriu as regras e contribuiu para a comunidade. Agora, em uma pandemia global, famílias como a minha estão enfrentando instabilidade econômica e de saúde, combinada com taxas desproporcionalmente altas de COVID-19. Investir em todas as famílias é uma ferramenta crítica de saúde pública para combater as desigualdades existentes que esse vírus deflagrou”, disse a deputada Liz Miranda.

“Se essa crise de saúde pública deixou uma coisa clara, é que estamos juntos nisso! Todos os residentes de Massachusetts precisam da mesma proteção contra os impactos econômicos e a ameaça à saúde gerada pela COVID-19. Imigrantes, independentemente do status, que estão trabalhando e pagam seus impostos devem receber o mesmo estímulo que todos os demais membros da comunidade recebem”, disse a deputada Ruth B. Balser.

Natalícia Tracy, diretora do Centro do Trabalhador Brasileiro

Natalícia Tracy, diretora do Centro do Trabalhador Brasileiro

O Centro do Trabalhador Brasileiro é uma das muitas organizações que serão impactadas diretamente por esse projeto de lei. Eles trabalham para apoiar os trabalhadores imigrantes e ajuda na luta em questões de direitos e imigração no local de trabalho.

“Acreditamos que todos que registraram seu imposto de renda devem ser incluídos como beneficiários de qualquer pacote de estímulo”, disse Natalícia Tracy, diretora executiva da entidade. “É importante que esse tipo de alívio seja amplo e inclusivo, e distribuído de maneira justa – reconhecendo todos aqueles que trabalham para contribuir para a construção de nossas comunidades”.

 

Reinaldo Domes, um brasileiro que trabalha na construção civil, tem 44 anos de idade, fala em nome de seus colegas. “Para os trabalhadores que não se qualificam para a assistência federal de emergência, o projeto é muito importante porque todos precisam manter suas famílias seguras e financeiramente estáveis.

Como trabalhador sindical, eu sei que vou receber os fundos federais, mas mais de 90% dos trabalhadores da indústria da construção não. Todo trabalhador que paga impostos neste país deve ter o mesmo direito, especialmente quando mais se precisa co o agora, durante a crise econômica causada pelo coronavírus”, disse.

vereadora Margareth Shepard

Margareth Shepard, vereadora da cidade de Framingham

Margareth Shepard, vereadora da cidade de Framingham e membro do conselho do Brazilian American Center (BRACE) trabalhou para conectar a comunidade brasileira a outras comunidades imigrantes. “O governo federal falhou em fornecer suporte aos trabalhadores indocumentados que pagam seus impostos usando os números ITIN Number. Nosso estado pode acelerar e preencher essa lacuna.Esse projeto oferecerá alívio às famílias que precisam e garantirá que elas tenham comida em suas mesas”, disse.

 

 

 

Para saber mais sobre este projeto acesse https://bit.ly/2L3xKKW.

Fonte: Brazilian Times

read more

comentários

Relatar erro

Informe nossa equipe sobre qualquer erro gramatical, de informação ou técnico encontrado nesta página:

Brasileiros falam sobre importância de projeto que ajudará financeiramente indocumentados em Massachusetts

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Notícias falsas

You know about some fake news on the internet about Universal church of the kingdom of god? Report here and we`ll bring up the truth through myths and truths site

Formulário de reclamação

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Expediente

Editora Executiva:

Coordenadora de Conteúdo:

Repórteres:



Email de contato:

Telefones:

Endereços

Cep: