Quarentena: Os impactos psicológicos causados

Tentativas de suicídio aumentaram 600%, nos Estados Unidos

Quarentena: Os impactos psicológicos causados

Por Notícias Universal I Edição 983

Os efeitos colaterais causados pela estratégia de quarentena adotada contra a pandemia do novo coronavírus têm preocupado uma associação de médicos dos Estados Unidos (EUA) chamada “A Doctor A Day”. Com a reclusão e o estresse gerado na sociedade, a saúde mental e emocional da população tem piorado gravemente.

Segundo uma das médicas que faz parte do grupo, Simone Gold, ocorreu um pânico generalizado na sociedade. Além disso, cortou-se o atendimento para outras doenças nos hospitais, pois, os recursos foram todos direcionados para a COVID-19. Em um cenário mais recente, ela aponta, as pessoas não estão indo aos hospitais com medo de se contaminarem.

A médica acrescentou que o grupo de profissionais avalia uma queda de aproximadamente 60% no atendimento de pronto-socorro, no país norte- americano. Em um relatório enviado ao presidente Donald Trump, os médicos disseram que há uma probabilidade de aproximadamente 150 mil pessoas por mês terem apresentado câncer desde o início da pandemia, mas que estão sem diagnóstico. Eles também informaram que as ligações telefônicas para o programa de prevenção de suicídio aumentaram em 600% durante a quarentena.

Para o médico Jeff Barke, de Newport Beach, na Califórnia, que também pertence à associação, não faz mais sentido científico manter as pessoas dentro de casa.

EFEITOS PSICOLÓGICOS DA QUARENTENA

Sem dúvida, o isolamento é uma maneira eficaz de impedir a transmissão do vírus, mas tende a causar Efeitos Psicológicos como: Medo, Ansiedade, Solidão, Tristeza, Estresse Pós- Traumático e outros.

Como podemos perceber, a restrição de liberdade de ir e vir e contato social afetou muito o equilíbrio emocional de muitas pessoas. Com o passar dos dias a tensão aumentou e com isso os sintomas começaram a se manifestar de forma mais intensa.

Desta forma, é extremamente necessário cuidar da nossa saúde mental e eliminar os efeitos que a quarentena causou a muitas pessoas.

INCERTEZA SOBRE O FUTURO

Muitas pessoas estão entrando em desespero porque se vivem dias de incerteza, insegurança e instabilidade. Todas as certezas passaram a ser relativizadas e não sabemos o que vai ser depois. Então, perguntas relacionadas à incerteza podem surgir de forma constante e angustiante: Como serão os próximos dias? Será que perderei meu emprego? E se a comida faltar? Quem estará comigo depois que isso acabar? Será que vou me contaminar? Será que vou perder alguém que amo? O sentimento de que o futuro é incerto pode causar angústia diária, levar à depressão muitas vezes ao suicídio.

O QUE FAZER?

O primeiro passo é não deixar a situação piorar e buscar por ajuda espiritual. Você precisa fazer uma autoavaliação e ser realista sobre a própria condição.

Existem 10 sintomas que podem ser observados: irritação constante; dificuldade de concentração; mau humor ou desânimo persistente; aperto no peito, angústia ou tristeza; sentimento de inferioridade ou incapacidade; falta ou excesso de sono; comer por ansiedade ou falta de apetite; perda de interesse pela vida; falta de perspectiva para o futuro; pensamentos insistentes de morte.

Se você percebe que a depressão está em sua vida, não perca tempo e participe do “Tratamento para a cura total da depressão”, que ocorre toda sexta-feira, em uma Universal mais próxima de sua casa.

 

6 ATITUDES A DESENVOLVER QUE O VÃO AJUDAR NO REGRESSO À ROTINA

 

Que lições levamos desta experiência? De que forma podemos transformar este momento numa experiência positiva? Como voltar à rotina depois da quarentena apesar da preocupação e angústia vividas? A vida será diferente no futuro. Parece inevitável. No entanto, as atitudes que adotamos hoje vão certamente influenciar o sucesso do nosso regresso à rotina:

 

1. ACEITAR O INEVITÁVEL

Mesmo tendo a intenção de retirar desta experiência o máximo de aspetos positivos, é inevitável que algum sofrimento, angústia e dificuldades surjam nos próximos meses. Recuperar as rotinas de outrora pode demorar e ser mais difícil que o desejado. Importa aceitar esse facto e não criar expectativas irrealistas.

2. REFLETIR

Aproveitar esta pausa na rotina diária e refletir acerca da magnitude do momento que vivemos. Há uns meses atrás seria impensável que a nossa vida sofresse tamanha mudança. Refletir sobre o quão imprevisível e fora do nosso controlo pode ser a nossa vida pode trazer mudanças positivas à nossa vida daqui em diante. Tomar consciência da nossa fragilidade pode ser útil para que vivamos de forma mais plena, despendendo tempo com o que realmente importa.

3. MANTER A REDE DE APOIO SOCIAL

A situação de isolamento social é temporária e em breve todos voltaremos a abraçar aqueles de quem mais gostamos. Até que isso seja possível importa manter proximidade com familiares e amigos através dos meios eletrónicos de que dispomos.

4. CUIDAR DA SAÚDE FÍSICA E MENTAL

Como voltar à rotina depois da quarentena se não nos sentirmos bem física e mentalmente? Neste período é importante que, dentro do possível, as rotinas de alimentação e sono sejam mantidas, bem como a prática de atividade física, uma alimentação variada e saudável, não esquecendo os saudáveis momentos de descanso.

5. SER SOLIDÁRIO

A realidade que vivemos mostrou-nos que, de alguma forma, dependemos uns dos outros para ser saudáveis e felizes. A lição que aprendemos hoje pode ajudar a que voltemos à nossa rotina mais solidários e altruístas.

6. SER GRATO

A perspetiva de adoecer gravemente torna-nos mais gratos pela saúde que temos e leva-nos a, de futuro, estar mais atentos ao nosso bem-estar físico e mental.

Encontre uma Universal mais perto de você.

ler mais
Pastor Online

comentários

Relatar erro

Informe nossa equipe sobre qualquer erro gramatical, de informação ou técnico encontrado nesta página:

Quarentena: Os impactos psicológicos causados

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Notícias falsas

You know about some fake news on the internet about Universal church of the kingdom of god? Report here and we`ll bring up the truth through myths and truths site

Formulário de reclamação

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Expediente

Editora Executiva:

Coordenadora de Conteúdo:

Repórteres:



Email de contato:

Telefones:

Endereços

Cep: