Mau Comportamento ou HIPERATIVIDADE?



Por saude.gov.br / hiperatividade.pt

Atualmente a Hiperatividade é a “desordem mental” mais diagnosticada em crianças e adolescentes, estimando-se que 3 a 6% da população mundial, sejam hiperativas.

SINAIS DE ALERTA

• Dificuldade em terminar tarefas

• Facilidade em distrair-se

• Dificuldade em concentrar-se

• Problemas de organização e disciplina

• Ansiedade

• Impulsividade

• Inquietude

• Criatividade acima da média

• Dificuldade em adormecer e sono de fraca qualidade

• “Cabeça na Lua”

• Dizem tudo o que vêm à cabeça sem pensar

• Mudanças de humor ou disposição repentinas

• Tiques nervosos

Estudos feitos pela comunidade médica e científica mostram que entre 3 e 6% da população mundial sofre com o Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade, mais conhecido como TDAH ou ADHD em inglês (Attention Deficit Disorder Association). Trata-se de um distúrbio de ordem neurobiológica, que tem como principais características a desatenção, a hiperatividade e a impulsividade.

DIAGNÓSTICO

O TDAH dá os primeiros sinais na infância. Ao ser feito precocemente e aliado a um plano de tratamento eficaz, desenvolverá à criança a oportunidade de usar totalmente as suas capacidades, diminuindo assim o risco do aparecimento de outras perturbações tais como ansiedade, depressão e consumo de drogas e álcool. Por tanto, ao chegar à idade adulta conseguirá reconhecer as suas limitações e terá aprendido a lidar com elas, através de estratégias próprias e de uma rede de apoio que incluirá todos aqueles que lhe são próximos.

TRATAMENTO

Após o diagnóstico é elaborado um plano terapêutico individualizado, tendo em conta a idade da criança, que abrangerá pais, educadores, familiares e amigos, combinando medicamentos e psicoterapia. A medicação tem como objetivo ajudar a repor em determinadas áreas cerebrais funções executivas e inibição de impulso, que se sabem estar em falta nestas crianças.

A terapia comportamental terá como objetivo ajudar a modelar o ambiente social e físico da criança, de modo a modificar o seu comportamento. Esta abordagem terá de incluir sempre a intervenção direta junto da criança, da família e da escola.

ler mais
Notícias relacionadas
Relatar erro

comentários

Relatar erro

Informe nossa equipe sobre qualquer erro gramatical, de informação ou técnico encontrado nesta página:

Mau Comportamento ou HIPERATIVIDADE?

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Notícias falsas

You know about some fake news on the internet about Universal church of the kingdom of god? Report here and we`ll bring up the truth through myths and truths site

Formulário de reclamação

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Expediente

Editora Executiva:

Coordenadora de Conteúdo:

Repórteres:



Email de contato:

Telefones:

Address

Cep: