Facebook anuncia que combaterá “deep fake news”



Por Daniel Cruz / Foto: Reprodução

O Facebook anunciou que começará a remover vídeos manipulados da rede social. A preocupação da empresa está relacionada com as chamadas “deep fake news” (falsificação profunda da notícia).

Melhor do que explicar o que são as “deep fake”, é mostrar como funciona. O canal VentureBeat publicou um exemplo. “Esta é Jane. Jane é um ‘deep fake’. ‘Deep fake’ são vídeos realísticos gerados por inteligência artificial, que mostram pessoas reais dizendo e fazendo coisas fictícias”, explica o vídeo. Confira:

Pense por um instante nos possíveis estragos que as “deep fake” podem gerar no futuro. Imagine o que pode acontecer se uma pessoa aparecer em um assalto em um vídeo falso. Ou se um político disser bobagens em uma gravação sem nunca tê-las dito. No mínimo, as vítimas da “deep fake” terão grandes problemas para se explicar.

Facebook está preocupado

“As pessoas compartilham milhões de fotos e vídeos no Facebook todos os dias, criando alguns dos recursos visuais mais atraentes e criativos da nossa plataforma. Parte desse conteúdo é manipulada, geralmente por motivos benignos, como tornar um vídeo mais nítido ou um áudio mais claro. Mas há pessoas que se envolvem em manipulação da mídia para enganar”, escreveu o Facebook em seu blog oficial.

Para avaliar os tipos de vídeos que podem ser removidos, a empresa ouviu dezenas de especialistas. Basicamente, só serão aceitas edições para a melhoria da qualidade do vídeo. Conteúdos substituídos ou sobrepostos, por exemplo, entrarão na mira do Facebook.

Vivemos na chamada “Pós-modernidade”

O mundo atual é marcado por algumas características que estão se intensificando cada vez mais com o avanço das tecnologias. Esse cenário é conhecido como “Pós-modernidade”.

Nela, a quantidade de informações é a maior já vista na história da humanidade. Igualmente, o tratamento dos dados acontece por meio de automação. A consequência é que o mundo fica “tecnológico”. Assim, o “material” vai perdendo espaço para o “virtual”. E, com isso, a vida se torna cada vez mais uma simulação da realidade. Em contrapartida, os relacionamentos entre as pessoas tendem a incertezas, caos e desumanização.

Desse modo, o cenário é ideal para a dissimulação, informações falsas ou até mesmo o artificial. E as pessoas podem ser influenciadas pelo o que veem, ouvem e leem.

Blog “Mitos e Verdades”

Na Universal, há também um empenho, assim como no Facebook, para que sejam combatidas as informações falsas elaboradas contra a Igreja. Só para ilustrar, você pode conferir o blog “Mitos e Verdades“, em que são respondidos os mais diversos tipos de questionamentos.

Portanto, é muito importante que sejamos consumidores mais críticos dos conteúdos da internet. Do contrário, estaremos expostos à manipulação de pessoas mal-intencionadas.

ler mais
Notícias relacionadas
Relatar erro

comentários

Relatar erro

Informe nossa equipe sobre qualquer erro gramatical, de informação ou técnico encontrado nesta página:

Facebook anuncia que combaterá “deep fake news”

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Notícias falsas

You know about some fake news on the internet about Universal church of the kingdom of god? Report here and we`ll bring up the truth through myths and truths site

Formulário de reclamação

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Expediente

Editora Executiva:

Coordenadora de Conteúdo:

Repórteres:



Email de contato:

Telefones:

Address

Cep:

Free WordPress Themes, Free Android Games